EEA2020: CleverVolume

O projeto CLEVER-Volume baseia-se sucintamente na implementação de uma solução de medição e classificação de resíduos.

Em 2019, uma colaboração com a Universidade de Lisboa no estudo de sistema de medição baseado em sensores remotos identificou a necessidade de medição volumétrica em tempo real para Portos e outras instalações logísticas que tratam grandes quantidades de resíduos. O promotor 3DMS conduziu a pesquisa inicial e estudou materiais e processos potenciais adequados para desenvolver a aplicação e satisfazer o fornecimento de medidas de resíduos interoperáveis ​​e precisas. Os resultados bem-sucedidos nos laboratórios e ensaios de campo com dois agentes de gestão de resíduos em Portugal validaram a potencial da solução.

A solução, desta forma, evoluiu em duas direções: do ponto de vista tecnológico, os fluxos passaram a funcionar de forma semi-automática e remota e foi desenvolvido um kit de sensores portáteis para registo de dados no local; e do ponto de vista de negócios, isso fornece um produto final que integra esse processo de cálculo recém-desenvolvido em uma solução de software (SAAS) como serviço removível.

O objetivo geral a ser desenvolvido no projeto submetido (CLEVER- Volume) é fornecer uma solução abrangente com as seguintes características: a) capacidade de funcionamento totalmente automático e remoto; b) capacidade de interoperar com outras bases de dados independentemente da estrutura da base de dados; c) capacidade de mapear as variáveis ​​diretas e indiretas dos resíduos que caracterizam o seu ciclo de vida; d) capacidade de responder às expectativas de informações entre os atores (incluindo a indústria marítima, instituições ambientais, agências governamentais e o público em geral). Para alcançar essa solução e melhorar a forma como os resíduos são tratados e gerenciados em terra, mais do que desenvolvimentos tecnológicos são necessários: os avanços devem ser combinados com um conhecimento profundo das estruturas, usos e necessidades dos livros de registo contemporâneos, usar uma linguagem comum, e integração na estrutura legal MARPOL e IMO. Para este propósito, 3DMS construiu um consórcio interdisciplinar, incluindo empresas, instituições de pesquisa, agentes ambientais e usuários finais para contribuir de forma cruzada com base em uma estratégia baseada em pesquisa orientada pelo usuário.